23 de março de 2012

Rir com você

Para Winne Muryanne, 10/03/2012
          O clichê, se encaixa no que eu penso, de você, da nossa amizade repentina e até no conhecimento (pouco, até então) que a gente tem uma da outra, esse mesmo, de pode contar comigo quando precisar e também aquele de que amigos de verdade são poucos, são raros, já estou te suportando há um tempinho e nesse tempinho sinto uma necessidade de conversa, nossa conversa, geralmente, são coisas aproveitáveis.. rs, e apesar desse meu gênio, pouco gentil, na maioria das vezes, é só uma forma de diversificar, de podermos rir sem precisarmos citar algo sobre alguém além de nós. O rir de um modo geral é a coisa mais agradável que uma pessoa pode oferecer a outra, falando nisso, aquela mensagem da mulher na Bahia não teve graça nenhuma, voltando a linha do raciocínio meigo, você já disse isso de, as vezes, eu dar tirada em alguém sem perceber, acho que isso é só uma coisa a mais na sua lista "O que eu tenho que suportar", mas lembre-se também do que eu quero lhe oferecer, risos de você, risos com você, risos pra você, uma conversa agradável e besta de vez enquanto para descontrair, boas músicas compartilhadas, enfim, não sei se poucas, mas coisas que me fazem bem e eu acho extremamente importante quando se trata de alguém que eu queira levar pra o resto da vida, você, na medida do possível, porque sei e já aconteceu comigo, provavelmente com você também, de amigos que diziam estar sempre, ir quando você precisar ou apenas ir. Sei que com o tempo as coisas mudam e quando mudarem sei que nessa nossa boa amizade, a gente vai sentar e rir daquela queda que você levou.

Um comentário:

Muryanne disse...

Vai ficar guardado p o resto da vida!